ANNA BELLA GEIGER

RIO DE JANEIRO | RG | BRASIL | 1933

Escultora, pintora, gravadora, desenhista e artista intermídia, começou sua incursão pelas artes na década de 1950 no atelier da artista Fayga Ostrower. Depois de uma estadia de um ano em Nova York em 1954, onde estudou história da arte no Metropolitan Museum of Art e frequentou cursos como ouvinte na New York University, lecionou no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro durante a década de 1960 e na Universidade de Columbia, Nova York, retornando ao Rio de Janeiro em 1970. Tendo passado por campos e técnicas como o Abstracionismo Informal, gravura, escultura com chapas de ferro, fotogravura, fotomontagem, filme em super 8 e xerox, a partir da década de 1980, Anna Bella Geiger começa a entrar no campo da pintura e na conjugação de todas as experimentações que marcaram sua carreira. Sem nunca ter deixado de valorizar as diferenças e particularidades de cada técnica, Geiger construiu um amplo corpo de trabalho.

SEM TÍTULO, 1987-1992, SERIGRAFIA, 58X92CM
SEM TÍTULO, 1993, SERIGRAFIA, 37X44CM
Aventureirismo, 1975/2004, gravura em metal, 50x65cm
Burocracia, serigrafia e aquarela, 70x100cm