RUBENS GERCHMAN

RIO DE JANEIRO | RJ | BRASIL | 1942-2008

Pintor, desenhista, gravador e escultor, Rubens Gerchman estudou na Escola Nacional de Belas Artes de 1960 a 1962. Na mesma década inaugurou a sua primeira exposição na Galeria Vila Rica no Rio de Janeiro, onde mostrou sua pintura que figurava multidões, tendo como referência Jean Dubuffet. Alternando entre a pintura da Art Brut e motivos populares como novelas, concursos de miss e histórias em quadrinho. Também foi responsável pela icônica capa do lendário disco Tropicália, ou Panis et Circensis de 1968. Morou em Nova York de 1968 a 1972, ao voltar ao Brasil escreveu o roteiro, dirigiu e fez a cenografia de seu filme Triunfo Hermético, onde trabalhou com a palavra escrita, posta em composição direta com a paisagem. No decorrer de sua carreira nunca abandonou o contato com a arte popular e as referências tidas como mais baixas, traço típico da Pop Art, embora não tenha aderido formalmente ao movimento como muitos de seus contemporâneos.

VOO, 1968, SERIGRAFIA COM DESENHO, 70X54CM
MAN WOMAN, 1973, SERIGRAFIA A PARTIR DO FRAME DO FILME TRIUNFO HERMÉTICO, 61X81CM
TERRA, 1973, SERIGRAFIA A PARTIR DO FRAME DO FILME TRIUNFO HERMÉTICO, 62X81CM