RUBENS GERCHMAN

RIO DE JANEIRO | RJ | BRASIL | 1942-2008

Pintor, desenhista, gravador e escultor, Rubens Gerchman estudou na Escola Nacional de Belas Artes de 1960 a 1962. Na mesma década inaugurou a sua primeira exposição na Galeria Vila Rica no Rio de Janeiro, onde mostrou sua pintura que figurava multidões, tendo como referência Jean Dubuffet. Alternando entre a pintura da Art Brut e motivos populares como novelas, concursos de miss e histórias em quadrinho. Também foi responsável pela icônica capa do lendário disco Tropicália, ou Panis et Circensis de 1968. Morou em Nova York de 1968 a 1972, ao voltar ao Brasil escreveu o roteiro, dirigiu e fez a cenografia de seu filme Triunfo Hermético, onde trabalhou com a palavra escrita, posta em composição direta com a paisagem. No decorrer de sua carreira nunca abandonou o contato com a arte popular e as referências tidas como mais baixas, traço típico da Pop Art, embora não tenha aderido formalmente ao movimento como muitos de seus contemporâneos.

MAN WOMAN, 1973, SERIGRAFIA A PARTIR DO FRAME DO FILME TRIUNFO HERMÉTICO, 61X81CM
TERRA, 1973, SERIGRAFIA A PARTIR DO FRAME DO FILME TRIUNFO HERMÉTICO, 62X81CM